• 967 224 138
  • Contactos

Arsène Lupin Cavalheiro ladrão

LT011756
2021
Maurice Leblanc

Editora Cultura
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

€14
Mais detalhes
  • Ano
  • 2021
  • Tradutor
  • Miguel Pereira
  • Código
  • LT011756
  • Detalhes físicos
  • Dimensões
  • 15,00 x 23,00 x
  • Nº Páginas
  • 183

Descrição

Ousado, sedutor e divertido, Arsène Lupin é o criminoso ladrão mais famoso do início do século XX. Responsável por uma série de crimes misteriosos em França, o anti-herói mantém um código de honra muito próprio: atormenta os seus oponentes, ridiculariza a burguesia e ajuda os mais fracos. Um Robin Hood muito francês, portanto. Não se leva muito a sério, a sua arma mais mortífera é a perspicácia e não é um aristocrata que se aclama como anarquista, mas sim um anarquista que vive como aristocrata. Encarado como a irónica resposta francesa a Sherlock Holmes, este é o primeiro livro de uma série de vinte títulos empolgantes que Maurice Leblanc dedicou a Lupin, uma das personagens mais marcantes do policial de sempre.

Maurice Leblanc (1864-1941), escritor e jornalista francês, era filho de um armador naval. Teve a possibilidade de estudar em França, na Alemanha e em Itália, mas interrompeu o curso de Direito com a intenção de se tornar escritor. Trabalhou durante algum tempo na empresa da família, até conseguir estabelecer-se como repórter criminal em jornais como o L'Écho de Paris. Embora seja autor de mais de cinquenta títulos, Leblanc ficará para sempre imortalizado pela criação do fantástico Arsène Lupin, o cavalheiro ladrão das aventuras mais lidas do seu tempo.

Arsène Lupin Cavalheiro ladrão

€14

LT011756
2021
Maurice Leblanc
Editora Cultura
Idioma Português PT
Estado : Usado 5/5
Encadernação : Brochado
Disponib. - Em stock

Mais detalhes
  • Ano
  • 2021
  • Tradutor
  • Miguel Pereira
  • Código
  • LT011756
  • Detalhes físicos

  • Dimensões
  • 15,00 x 23,00 x
  • Nº Páginas
  • 183
Descrição

Ousado, sedutor e divertido, Arsène Lupin é o criminoso ladrão mais famoso do início do século XX. Responsável por uma série de crimes misteriosos em França, o anti-herói mantém um código de honra muito próprio: atormenta os seus oponentes, ridiculariza a burguesia e ajuda os mais fracos. Um Robin Hood muito francês, portanto. Não se leva muito a sério, a sua arma mais mortífera é a perspicácia e não é um aristocrata que se aclama como anarquista, mas sim um anarquista que vive como aristocrata. Encarado como a irónica resposta francesa a Sherlock Holmes, este é o primeiro livro de uma série de vinte títulos empolgantes que Maurice Leblanc dedicou a Lupin, uma das personagens mais marcantes do policial de sempre.

Maurice Leblanc (1864-1941), escritor e jornalista francês, era filho de um armador naval. Teve a possibilidade de estudar em França, na Alemanha e em Itália, mas interrompeu o curso de Direito com a intenção de se tornar escritor. Trabalhou durante algum tempo na empresa da família, até conseguir estabelecer-se como repórter criminal em jornais como o L'Écho de Paris. Embora seja autor de mais de cinquenta títulos, Leblanc ficará para sempre imortalizado pela criação do fantástico Arsène Lupin, o cavalheiro ladrão das aventuras mais lidas do seu tempo.